Acqua – San Pellegrino

Assim como os vinhos e os queijos, a água na Itália tem denominação de origem controlada e grife. A mais famosa de todas é a San Pellegrino produzida na cidade homônima no Val Brembana na Província de Bergamo.

San Pellegrino

Tem se registro de produção dessa água desde 1899, mas sabe-se que a água é explorada e engarrafada na região muito tempo antes disso. Diz a história que já em 1509 Leonardo Da Vinci provou a água da cidade e a chamou a de Milagrosa.

By Victor Pina Schmidt

Grand Hotel SAN PELLEGRINO

Essa fama transformou a cidade de San Pellegrino terme em um ponto turístico disputado no inicio do sec XX, com o surgimento do cassino e do hotel . Infelizmente tudo decaiu com o tempo e a cidade ficou apenas conhecida pela engarrafadora de água, que hoje pertence a Nestlé.

Na minha visita a cidade o hotel estava fechado e aparentemente alguém o comprou e está reformando. Espero que algum russo rico ou sheik árabe veja como é lindo o lugar e coloque uns troquinhos para revitalizá-lo.

Na região de Bergamo também temos a cidade de Bracca que tem uma água muito consumida. Outra regiões da Itália também tem suas águas famosas como a Acqua Panna da cidade de Villa Panna na toscana e a água San Benedetto da região de Veneza.

Como a água mineral possui em sua composição muitos elementos diferentes, cada fonte possui características e propriedades únicas. As companhias italianas sabem muito bem disso e exploram ao Maximo esse potencial. Existem inúmeras propagandas nas Tvs e nas gôndolas do supermercados demonstrando as qualidades de uma água sobre a outra.

Existe uma água que me atraiu muito chamada Lauretana (graglia BI) que tem sua garrafa desenhada pelo famoso estúdio Pininfariana e que diz no seu rotulo “Água mais leve da Itália desde 1965” bem diferente.

By Victor Pina Schmidt

Angolo Terme

Não sou grande conhecedor mas a água que eu provei que tinha uma grande leveza e um fundo histórico tremendo. Foi de uma bica de água na frente da casa da minha bisavó na cidade de Angolo terme (BS). Não sei se é a água mais leve da Itália ou se tem poderes milagroso, mas saber que minha avo e minha mãe tomaram essa água quando crianças me fez sentir nela algo muito mais especial que nas garrafas de san Pelegrino ou Perrier que  já tomei.

Anúncios
Categorias: Bebidas, história | Tags: | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: