Pasta Fresca – Uma curta historia do macarrão

Muitos pratos italianos são cercados de historia de conquistas e explorações. O macarrão que segundo a historia foi trazido da china por Marco pólo é um deles. Marco pólo foi um explorador veneziano que foi  a china e que desvendou e mostrou ao ocidente  diversos dos costumes chineses. Porem o macarrão não era um mistério para o ocidente, e contrario o que diz a lenda os italianos já conheciam o macarrão alguns séculos antes de Marco pólo. Tanto que marco pólo referiu-se aqueles noodles que ele encontrou na china como Lagana, uma comida que já era consumida desde o sec. I B.C. na região do oriente médio.

Essa massa (Lagana) não era exatamente igual ao que conhecemos hoje em dia, ele era assado e comido com leite, mas é considerada por historiadores como a bisavó da massa de lasanha. Foram os árabes que introduziram  o macarrão na Itália, eles já plantavam o trigo durum (Triticum durum) na Líbia no sec. VII, quando esses invadiram a Sicílias. Portanto o trigo e o macarrão chegaram a Itália 500 anos antes de Marco Polo Nascer.

Macarrão é a designação para uma grande variedades de produtos. Pode ser longas (Spaghetti e Vermicelli ), curtos (Penne, Farfalle e Fusilli), com ovos (Tagliatelli, pappardelle), para forno (conchiglione, cannelloni, Lasagna) e rechedas (Casoncelli, ravioli, agnolotti e cappelletti). Cada região tem sua massa típica, a de Bergamo é o Casoncelli como já expliquei num post, mas as lasanhas e outras massas feitas na região bergamasca também são deliciosas.

Vou tentar algo novo no blog e colocar fotos da receita, nesse caso massa fresca. Eu preparei a massa para fazer lasanha mas acabei fazendo com ela um pouco de Tagliatelli.

Os ingredientes são:
800 g de farinha de trigo branca

200 g de semolina de trigo durum

3 ovos

Sal

Água

Para o preparo eu utilizei uma maquina elétrica para abrir macarrão, mas um bom rolo de madeira faz o mesmo serviço.

Por Victor Pina Schmidt

A preparação é fácil, com as duas farinhas faça um pequeno monte, coloque os ovos no meio e misture de fora pra dentro. adicionando água aos pouco para dar o ponto.

Por Victor Pina SchmidtA massa deve ficar homogênea e a adição da agua deve ser lenta para não ficar uma massa grudenta.

Por Victor Pina Schmidt

A massa ficando homogênea, pode-se comessar a trabalha-la. Corte pequenos pedaços e abra com o rolo, dobrando, e abrindo novamente. Esse trabalho deixa ela mais clara e mais elástica.

Após ela clarear pode-se abrilá na espessura correta.

Por Victor Pina SchmidtPor Victor Pina SchmidtPor Victor Pina Schmidt

Na região de Bergamo as massas  são mais finas que nas regiões mais ao sul do Itália. Fui acostumado pela minha nona a massas muito bem trabalhadas e finas, por isso mantenho essa exigência de qualidade até hoje.

Feita a massa, polvilhe com a semolina enrole e corte o macarrão, ou deixe em folhas para a lasanha.

Por Victor Pina SchmidtPor Victor Pina Schmidt

Deixe secar ou cozinhe ainda fresca. Essa pasta eu fiz com um ragu (A receita do ragu eu ainda posto aqui, o ragu correto leva umas 4 horas para ficar pronto) e muito queijo.. o prato final ficou assim :

Por Victor Pina Schmidt

Tenho que dar créditos ao meu irmão Claudio que é o especialista de casa em trabalhar e abrir a massa, as mãos da foto são dele.

(Triticum durum)(Triticum durum)
Anúncios
Categorias: história, Pratos Típicos | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: